5º CURSO DE DIVERSIFICAÇÃO E MÁXIMO APROVEITAMENTO AGROINDUSTRIAL

Sobre 5º CURSO DE DIVERSIFICAÇÃO E MÁXIMO APROVEITAMENTO AGROINDUSTRIAL

Data do evento:
10 de Maio, 2018
das 8:00 às 18:00

Local do evento:
Ceise Br - Avenida Marginal João Olézio Marques - Chácaras Recreio Planalto, Sertãozinho - SP, Brasil

Inscrições:
Abertas

CURSO DE DIVERSIFICAÇÃO E MÁXIMO APROVEITAMENTO AGROINDUSTRIAL
“Cases e Inovações em Etanol de Milho, E2G, Biogás, Palha, Sorgo e Outras Estratégias”
10 | Maio | 2018

 

Objetivo

O curso tem como objetivo apresentar cases e informações relevantes sobre os temas:

  • Como melhorar o desempenho agroindustrial das usinas com redução da área plantada?
  • Etanol de Milho - Quais inovações prometem dar maior lucratividade às usinas flex?
  • Como incorporar Cana Energia, Sorgo e outras culturas com rentabilidade ao negócio?
  • Como agregar diversas biomassas? Palha enfardada ou palha vinda com a cana e separada na usina? Qual melhor sistema de limpeza?
  • Quais Estratégias de Diversificação Estão se Firmando nas Usinas como Tendências no Médio e Longo Prazo?
  • Como anda a viabilidade técnica e econômica do etanol 2G?


Público Alvo

Acionistas, Executivos, Gerentes, Supervisores, Encarregados, Engenheiros, Projetistas, Técnicos, enfim, todos os profissionais envolvidos com Tomada de Decisão, Projeto, Gestão e Produção Agroindustrial em Usinas e Destilarias.

Carga Horária: 8 horas.

 

Patrocínio:

 

 Apoio:
                                     

– Novas tecnologias que prometem verticalizar o desempenho agroindustrial das usinas
Fernando Cesar Calsoni, engenheiro químico

– Aproveitamento da palha de cana: Desafios e Benefícios
Francisco Antônio Barba Linero, diretor da FL Consultoria e Engenharia

– USINA FLEX 360 - Inovações que fazem da Usimat um case de lucratividade com etanol de cana e cereais
Vital Nogueira, gerente industrial da Usimat - Campos de Júlio (MT)

– Quais inovações técnicas e estratégias de diversificação estão se firmando nas usinas?
- Como anda a viabilidade técnica e econômica do etanol 2G?
- Mais etanol a partir de inovações na fermentação
- Melhoria da eficiência industrial com otimização dos processos em tempo real
Jaime Finguerut, diretor do ITC Instituto de Tecnologia Canavieira

– Aumento da produtividade e da rentabilidade - Tudo começa com o planejamento integrado
- Planejamento estratégico da produção agroindustrial?
- Melhorias no planejamento operacional
- Melhorias nas eficiências e rendimentos da Agroindústria
Luiz Paulo Sant'Anna, CEO da Cevasa


Carga Horária:
8 horas. 


Patrocínio:

 

 Apoio:
                                     

1º Lote: Inscrições até 19/03: R$ 440,00.

2º Lote: Inscrições de 20/03 a 16/04: R$ 480,00.

3º Lote: Inscrições após 16/04: R$ 580,00.

 

Política de Descontos:

  • 20% para participação de 2 ou mais inscrições por empresa
  • 20% para associadas Ceise-BR / BioSul / Cogen (não cumulativo)


Carga Horária: 8 horas.

 

Patrocínio:

 

 Apoio: